Tambacu

Tambacu

Nome Científico: P. mesopotamicus x C. macropomum

Característica: Peixe omnívoro muito utilizado nas pisciculturas do Brasil.
Este híbrido foi criado para aproveitar o ótimo ganho de peso do Tambaqui e a resistência ao frio do Pacu..
Este peixe alcança de 0,8 a 1,0 kg no primeiro ano de engorda, comendo ração. Pode chegar a pesar de 15 a 18Kg.

Indicação: Excelente sabor de carne e possui poucos espinhos.

Reprodução: A época de propagação é entre os meses de Outubro e Março.
Não reproduzem naturalmente em cativeiro.

Estocagem: A estocagem deve ser de 2 peixes por m² em tanques de terra, no caso de engorda exclusiva da espécie.
Assim como as duas espécies que dão origem a este híbrido, sua estocagem em tanque rede deve ser reduzida para o sucesso da engorda.
Recomenda-se de 15 a 25 peixes por m³, podendo chegar até 100 por m³.
A maior estocagem prejudica sobremaneira a sobrevivência deste peixe.